Estado de Alagoas

Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

» Página Inicial Sala de Imprensa Notícias 2019 Outubro 2019 Acesso á água de qualidade muda a vida de famílias do agreste alagoano
05/11/2019 - 13h15m

Acesso á água de qualidade muda a vida de famílias do agreste alagoano

Por meio da Semarh, o Governo de Alagoas levou desenvolvimento social e melhoria de vida por meio da água potável para as comunidades rurais

Acesso á água de qualidade muda a vida de famílias do agreste alagoano

Texto de Virna Pereira

 

No início do mês, em uma estrada de barro no município de Igaci, mais precisamente na comunidade de Serra Verde, seu Antônio voltava para casa quando encontrou a equipe do Governo de Alagoas, que estava na região durante as atividades do Governo Presente, e contou sobre as dificuldades que já passou para ter acesso à água.

 

“A gente buscava numa cacimba, quando tinha água... mas aí a cacimba acabou. Quando a gente tinha dinheiro comprava no caminhão pipa, por R$ 250 ou R$ 300. Quando não tinha dinheiro, se virava com água do açude...”. Agora, para o senhor de sessenta e sete anos e pai de seis filhos, essa é uma realidade diferente.

 

A mudança chegou durante a décima edição do Governo Presente, quando a Secretaria do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos (Semarh) instalou o sistema de dessalinização em três comunidades do município de Igaci: Baixio II, Assentamento Unidos pela Terra/Cachoeira e na Comunidade Quilombola Serra Verde, além da Comunidade Pereira Velho, em Coité do Nóia.

 

O Programa Água Doce (PAD) mudou a realidade de centenas famílias do Agreste, garantindo um elemento fundamental à vida, a água potável. O PAD instala sistemas de dessalinização que filtram a água salinizada e transforma 40% do líquido em água limpa, com qualidade para o consumo humano.

 

 “Agora ninguém precisa mais beber água do açude, a gente adoece. Agora só água fina, água doce”, vibrou Seu Antônio. Após a ativação do programa em Igaci, mais de 695 famílias foram beneficiadas com água pronta para consumo dentro de suas casas.

 

“Antes do Água Doce, o abastecimento era através da água da chuva, colhia na calha para cisterna. Antes da cisterna era barreiro mesmo. Algumas pessoas na comunidade que tinham uma condição financeira melhor utilizavam água mineral. Agora, a saúde e a vida das pessoas, mudou”. É assim que Jeferson Pedro do Nascimento, morador da comunidade Baixio II, capacitado para manusear o sistema de dessalinização e tratar a água disponível à comunidade – classifica a água do sistema.

 

Com esse novo cenário, a Semarh celebra os avanços de políticas públicas adotadas pelo Governo do Estado, ao levar acesso à água para tantas famílias. “Ter acesso à água melhora a vida e qualidade de vida das famílias do agreste alagoano. Dá mais garra para lutar por dias melhores. Agora não vão precisar depender de carros pipas, nem caminhar quilômetros com balde na cabeça para buscar uma água que às vezes nem era própria para o consumo”, comemora o Secretário de Meio Ambiente e Recursos Hídricos, Fernando Pereira.

 

  Água potável para todos

 

Além do Programa Água Doce, o Programa de Perfuração de Poços é outro projeto importante da Semarh. Na décima edição do Governo Presente, que aconteceu entre os dias 3 e 5 outubro, foram entregues quatro poços artesianos em comunidades de Campo Alegre, beneficiando mais de duas mil famílias distribuídas entre os Conjuntos Eduardo José e Olival Tenório, Povoado Chã da Imbira e Campo Verde.

 

Dona Rosilene tem 30 anos, presidente da Cooperativa de Recicláveis do Município de Campo Alegre, mora com seu esposo e dois filhos no Conj. Eduardo José e vê uma guinada em sua vida com a chegada do poço artesiano em sua região.

 

“A gente pegava nas torneiras, só que faltava bastante água para a população do Conj. Eduardo José, e agora com o poço artesiano o abastecimento de água vai melhorar bastante e não vamos ter que nos preocupar mais com esse problema”. disse.

 

O programa de Perfuração de Poços já atuou em todas as regiões de Alagoas, ultrapassando os 76 municípios atendidos. Em conjunto com o Água Para Todos, mais de 600 poços foram perfurados, sendo mais de 550 do programa estadual.

 

Além de obras hídricas

 

 Em Arapiraca, foram entregues outorgas emitidas por meio da campanha de cadastramento e regularização dos usuários de água, beneficiando 500 famílias, que ainda contou com palestras sobre o trato adequado aos recursos hídricos e uma apresentação sobre a linha de crédito rural que os produtores agrícolas podem adquirir após a regularização.

 

Diversos serviços como oficinas de compostagem e sustentabilidade, palestras educativas, plantio de mudas, reflorestamento ambiental e divulgação dos serviços da Sala de Alerta para a população do Agreste alagoano também foram ofertados a população do Agreste no último Governo Presente.

 

Diversificando ações ambientais e promovendo a ampliação da água, a Semarh comemora os avanços na política pública que permite às famílias alagoanas o acesso a essa substância tão relevante para o desenvolvimento social.

Ações do documento