Estado de Alagoas

Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

» Página Inicial Sala de Imprensa Notícias 2015.1 Tartarugas iniciam período de desova e Biota recomenda cuidados
06/10/2017 - 12h40m

Tartarugas iniciam período de desova e Biota recomenda cuidados

Semarh é parceira das ações do instituto desde o início de 2015

Tartarugas iniciam período de desova e Biota recomenda cuidados

Soltura de tartarugas marinhas (Foto: Ascom Semarh/Arquivo)

Texto de Nigel Santana

O Instituto Biota de Conservação registrou na noite da última quinta-feira (5) a primeira ocorrência reprodutiva de tartaruga marinha na praia de Cruz das Almas, em Maceió. O instituto foi informado por populares sobre a desova.

O presidente do Biota, o biólogo Bruno Stéfanis, explica que o período de setembro a março, as tartarugas deixam o mar para desovar na areia. Entre 45 a 50 dias, os filhotes deixam os ovos e são direcionados ao seu habitat natural.

O Biota é responsável pelo monitoramento das desovas e encalhes das tartarugas marinhas nas regiões da Barra de São Miguel; Francês, em Marechal Deodoro; Mirante da Sereia, em Maceió; até a praia de Carro Quebrado, na Barra de Santo Antônio.

O instituto recomenda que durante o período em que as tartarugas marinhas saem do mar para enterrar os ovos na areia da praia, a população entre em contato com o Biota.

“Deixar o animal fazer a desova é fundamental. Evitar fazer fotos com flashes também é importante para não assustar as tartarugas. A forte iluminação faz com que o animal retorne ao mar e não ponha seus ovos”, esclarece Bruno Stéfanis.

Para entrar em contato com Instituto Biota de Conservação é simples e fácil: basta ligar para 82 – 9 9115-2944; 9 9115-5516; e 9 8815-0444. Existe ainda o aplicativo Biota Mar. Nele, é possível comunicar a ao instituto sobre as desovas e encalhes das tartarugas marinhas.

Parceria 

A Secretaria de Estado do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos (Semarh) atua, desde 2015, como parceira das ações executadas pelo Instituto Biota. A secretaria do Governo de Alagoas contribui efetivamente para a logística da equipe de biólogos, a exemplo do deslocamento para chegar até os locais onde se constate a presença das tartarugas marinhas. 

Ações do documento

banner_lai+sic_LATERAL-01.jpg
banner_lai+sic_LATERAL-02.jpg

banner_GERAL_LATERAL_sic-plone3.jpg

banner-transparencia.png

ANA

OUVIDORIA SEMARH 2.png.jpeg

boletim-hidrologico.png

RGA2.png

residuos solidos.png.jpeg

BannerBlog.png

IMA